A contratação de funcionários é algo importante para uma empresa. Podemos dizer que é uma das funções de maior responsabilidade do setor de Recursos Humanos. Afinal, um novo colaborador deve ser sinônimo de novas ideias, soma e compromisso.

No entanto, alguns erros sempre acontecem na hora de selecionar um novo profissional para uma empresa. Isso porque alguns processos são demorados e alguns detalhes acabam passando despercebidos. É preciso ficar atento a todas as etapas para não comprometer a seleção e acabar causando problemas para a empresa.

No post de hoje vamos te mostrar os principais erros na contratação de funcionários. Vem com a gente e saiba mais sobre esse tema. Boa leitura!

Conheça os principais erros na contratação de funcionários

Para ajudar você a não errar na hora de selecionar novos colaboradores, listamos algumas práticas comuns, mas que podem causar problemas. Veja logo abaixo:

1 – Ter um processo seletivo rápido e pular etapas

Para saber se um profissional é realmente aquilo que a empresa está procurando, é necessário que ele passe por todas as etapas de uma seleção. Existem vagas que são urgentes, mas mesmo nessas situações é preciso ter bastante cuidado.

Quando a urgência aparecer, seja direto e objetivo. Entretanto, não pule as etapas na contratação de funcionários. Quando um colaborador é selecionado as pressas, o risco de errar é bem maior.

Isso gera dois problemas: ter que esperar um tempo para realizar a demissão dele e ter que abrir um novo processo.  Sendo assim, o gasto é ainda maior! Por isso, fique atento às etapas.

2 – Não realizar testes com os candidatos a vaga

Analisar somente o currículo de um candidato e não realizar nenhum teste para a vaga é um dos maiores erros de contratação de funcionários. Afinal, você pode selecionar uma pessoa sem nenhum tipo de perfil para o cargo em questão. Então, fique atento!

3 – O gestor da área não participar do processo

É de grande importância que o líder da área na qual o candidato irá atuar esteja presente durante o processo ou, pelo menos, em uma das etapas dele. O gestor é quem vive o dia a dia do setor, sendo a pessoa mais qualificada para saber se o profissional tem o perfil desejado. Portanto, não se esqueça de incluí-lo.

4 – Selecionar o profissional com a menor pretensão salarial.

Essa pode ser uma economia que trará um problema no futuro. Afinal, essa não pode ser a principal base de contratação. A pretensão salarial deve somente servir para ver se está dentro do orçamento, naquele momento, que a empresa tem para pagar.

Apresentamos para você quatro erros na contratação de funcionário que realmente podem dar prejuízos à sua empresa. Além desses, outro ponto importante é não analisar se as informações curriculares são realmente reais. Infelizmente, há pessoas que mentem para conquistar uma vaga.

Isso pode gerar um grande problema financeiro para a organização, uma vez que ela investirá em um profissional que não está totalmente capacitado para o cargo. Então, quando houver contratação de funcionários em sua empresa, fique atento aos detalhes do processo seletivo!

Gostou da informação? Compartilhe em suas redes sociais.